Smoke in The Water - O 1º mes sem cigarro

>> quarta-feira, agosto 13, 2008


Continuando a série dos que querem parar de fumar, com os que conseguiram dramaticamente (eu fui um deles), relato aqui o 1º mês sem cigarro, minhas ações e reações, o corpo e principalmente a MENTE reagiu.

Só para desencargo de consciencia, o que exponho aqui é uma experiencia pessoal, muito particular. Pois a quimica é a mesma, mas o organismo não! Existem pessoas que fumam a 30 anos e param do dia para o outro, outras que pararam de fumar e vivem parando, outras que fuma muito de vez em quando (existe), relatos como no comentário da Déia do Leio o Mundo Assim... e da mãe dela que fuma desde os 6 anos e parou de fumar na marra (Pára ou Morre!), alguns procuram auxilio médico, outros procuram programas anti-tabagismo, usam adesivos, pilulas, remédios (não somente para parar de fumar como tb antidepressivos) e etc...pelo que eu passei e senti, dentre tantas, duas coisas são excenciais:

A) se vc não consegue parar de fumar, procure ajuda médica. Alguns programas anti-tabagismo PODEM ajudar a minimizar a dependencia da nicotina;

B) Não existe nenhum programa interespacial anti-tabagismo que FAÇA vc parar de fumar SE VOCÊ não quiser! Assim como com qualquer droga, cocaína, ácido, cola, crack, álcool, os remédios, emplastros, adesivos, programas e etc, minimizam a dependencia mas a DECISÃO DE PARAR É SUA!

Sites com referencias médicas sobre o tabagismo:

INCA - Instituto Nacional do Cancer

Artigos de Drauzio Varella - Oncologista


O DIA SEGUINTE - Compulsão

Me sinto um libertário, libertino, liberto...até a hora q dá vontade de fumar! Aí viro uma criança birrenta! Puta força de vontade para não se submeter a aquela ansia de sentir o gostinho "doce" do cigarro pela manhã. Parece que a medida de dependencia da nicotina é medida, um dos fatores no caso, pela ansiedade em acender um cigarro assim que acorda. Eu tinha meu momento dos cigarros sagrados do dia (na verdade era um time de futebol de cigarros sagrados), o cigarro do travesseiro, do Boa Noite e do Bom Dia! Era Bom Dia, Dia e um cigarro. Descobri que isso não é vício, é compulsão, é mania, como de roer as unhas, para acender um cigarro, porque realmente não era falta de nicotina, era hábito. Outro que tinha, era de acender o cigarro depois de comer. Não falei depois das refeições. Se eu comesse um chiclete, tinha q ter um cigarro depois! Foram esses hábitos que começei a tosar do dia seguinte e perceber que não me fariam falta. Mas mesmo assim, fiquei de mal humor. Rodava na minha cabeça, merda não posso mais fumar, e eu ficava o tempo todo mudando, que bom, não vou fumar mais. Mas passa, vontade passa. Uma maça, uma banana, um copo de água, ou a pior de todas as substituições da ansiedade nicotínica: doces! Eu era rato de...Negresco! Ainda sou até hoje, muito mais comedido! Comia pacotes inteiros numa talagada só! Quando não tinha, vinha o que tivesse pelo caminho. Placar = 5kg em uma semana! Eu comia o tempo todo, mentira, só a cada 5 minutos, que era a vontade que me dava para acender um cigarro.
Amendoin, passas, chicletes de nicotina, barras de cereais, frutas na bolsa, na mochila, em qualquer lugar, balas pouco calóricas, como as maravilhosas balas de gengibre, são ótimos substitutos para contornar a vontade até ela passar! E em relação a comida, caminhe. Ninguém tá pedindo 42 km, é vc andar em alta velocidade 5 vezes por semana, durante 30 min. Isso é o MÌNIMO que vc pode e deve fazer pelo seu corpo para acelerar o seu metabolismo. Até cachorro de rua faz caminhada!

Só quando vc coloca seu físico a prova, vc consegue perceber o TAMANHO do estrago que o cigarro fez em vc.

Aqui ao lado eu criei e descobri um painel Anti-Fumante com dados e imagens sobre isso e um placar de quem parou de fumar. Segue o link logo abaixo e com todo o orgulho do mundo monte o seu:

http://www.quitometro.org/quitonline.php

Alucinações

Na mesma semana ocorriam ironias controversas, que faziam eu suar frio pela vontade de fumar: quando sai na rua, TODAS as pessoas que passavam por mim estavam fumando, quando eu almoçava, pedia uma mesa para não fumante e estava cercado de fumantes, já tinha desmarcado umas duas choppadas e estava ficando tenso, em 1 mês eu mastiguei umas 8 canetas enquanto escrevia, sempre tinha alguma coisa da espessura de um cigarro rodando nas mãos algumas vezes levando a boca, igual um bebe para sentir o gosto (ainda bem que não estava com um pedaço de giz na mão), vc é respeitado, quase uma celebridade anonima pela voracidade em parar de fumar e largar o vício! Quando eu fui pego numa roda de amigos, chupando uma batata frita, todo mundo riu. Quando eu xinguei todo mundo dizendo que parei de fumar, todos bateram palmas! E o simples gesto de brindar meus feitos foi a pior de todas as torturas, porque a bebida + o cigarro é uma combinação prazeirosa. E finalmente, sonhei que estava fumando! Minto, no 3º dia eu sonhei q estava em Las Vegas e ia de carona com o Benicio del Toro e Jonny Depp no filme Medo e Delírio! A insonia fez parte do pacote tb. É terrível acordar no meio da noite suando e lembrar-se de não acender um cigarro. E tudo isso com a mãe e irmã fumando dentro de casa. Elas respeitavam claro. E para garantir o espaço joguei fora uns 8 cinzeiros de casa, só deixando um, que era estapeado pelas duas.

Abstinência (ainda bem que não é a sexual)

Sacrifícios, vai ser o seu sobrenome. Existem várias coisas, particulares do hábito alimentar de cada um, que vc vai ter que diminuir ou mais. Se vc toma um cafezinho de vez em quando, evite. Se vc adora café, o sabor, a textura, o amargor, o calor, independente se é um café puro extra-forte ou qualquer variação com a bebida, como o delicioso IrishCoffee (cafe com wisky), como eu, NÃO BEBA CAFÉ! O cigarro puxa um café, que puxa um cigarro, que puxa uma café e etc... Vc vai INEVITAVELMENTE cortar esses pequenos prazeres em prol de um bem muito maior! Fácil? O caralho que é fácil! Eu passei 5 MESES sem café, tomando chá de mato (erva-cidreira, capim-verde, capim-limão, louro, mato!) Prepare-se de todos os lados, divida seu problema com os amigos, com colegas, com estranhos, puxe assunto com uma velhinha no ponto de onibus e diga que parou de fumar. Eu fiz isso! Não era para ganhar beijos, que foi o que ela fez pela minha coragem, era para dividir a angustia e a ansiedade. E com isso, com o passar do tempo (acredite do MUITO POUCO TEMPO) vc sentirá a maior de todas as perceptividades, a mais notória, a mais intensa, algo assim, sublime, quase divino, que só quem para de fumar recentemente consegue perceber, um orgasmo sensitivo: respirar. Os aromas dos alimentos, o sabor, o odor do seu próprio perfume fica evidente, a comida, os drinks, a sua roupa de cama impregnada com o cheiro do cigarro, o sabor de um vinho, o gosto molhado e melado de um beijo sem o amargor rascante da nicotina, o seu pulmão batendo palmas para vc! Cara, a coisa mais incrível dessa história, e a mais CRÍVEL de que a nicotina é PIOR do que o Crack em intensidade de independencia, é que fazem 7 ANOS que parei de fumar e lembro disso como se fosse ONTEM!

Uma Verdade Irritante

O cigarro, assim como qualquer droga, causa dependencia fisica e principalmente psíquica. Existem estudos que sobre a quantidade de substancias tóxicas contidas no cigarro (4700) e que muitos de seus principios ativos causam a dependencia. Se existem fatores que desencadeiam sua vontade de fumar, até vc conseguir um equilibrio mental (já que a limpeza fisica, o expurgo da nicotina do seu corpo levará anos dependendo do tempo que vc fumou), até vc conseguir manter o controle, até seu corpo e sua mente descobrirem, se convencerem DEFINITIVAMENTE que o cigarro está fudendo seu organismo e vc não precisa dele, CORTE TODOS OS FATORES! O café puxa o cigarro? Corte o café. A cerveja puxa o cigarro? Corte a cerveja. Mastigar balas puxa o cigarro? Corte as balas. Ir para night fazia com que vc fumasse um maço em duas horas? Corte a night e só saia de dia. Ambientes fechados, como boates, te angustiam para fumar? Corte a claustrofobia, só vá a lugares aberto. Fazer sexo faz vc acender um cigarro logo depois? Faça só sexo oral! Problema seu! Tem pessoas que em 3 dias podem fazer tudo que fazia antes, tem pessoas que levam 1 ano, cada um é cada um!
VC vai se sentir um monge budista, vc se sentirá uma freira, vc dramatizará dizendo que está numa prisão sem paredes, que vai arrancar as cuecas pelo nariz e as calcinhas pela cabeça! É aí que outro ponto a favor conta para vc se outras pessoas souberem da sua saga: psicologia reversa. Não adianta vc virar para mim e dizer que o cigarro faz mal que ovu rir na sua cara!
Adianta vc dizer para mim que parando de fumar eu vou ter um puta folego, minha aparencia mudará, meus dentes não ficarão tão amarelos, minha respiração ficará mais intensa para praticar aquele trekking hardcore, que vou acelerar meu metabolismo e me MANTER magro, que minha performance sexual melhorará 200%, que terei mais flexibilidade e disposição para...tudo, praticamente.
Porque parar de fumar quando tudo está indo muito bem, quando sua vida está em crescimento, os problemas são diminutos, não acontecem, vcs não tem preocupação alguma, tem a cabeça relaxada e zen, é fácil.
Quando vc perde seu emprego, quando é reprovado numa prova de faculdade que fudeu com teu CR, quando seu projeto de 2 meses não é aprovado, quando vc adquire uma doença que ninguém imaginava, quando seu pai está hospitalizado, quando terminam seu namoro, quando sua familia entra numa pendenga judicial, quando vc pega em flagrante uma traição, quando vc é expulso de casa, quando vc entra numa depressão e ponto de pensar em suicidio, quando seu carro é roubado e vc quase leva uma bala na cabeça, quando vc não dorme por causa dos problemas, ou quando dorme tem pesadelos que não consegue acordar, é mais dificil parar de fumar. Porque?

Porque vc não tem o cigarro para servir de pé de mesa e apoiar a sua mente quando as coisas não dão certo.

E só vc contra vc mesmo.

Essa talvez seja a pior desculpa para quem não para de fumar.

Se alguém quiser manter contato para conversar mais sobre isso, me mande um e-mail ou me adicione no MSN. Os contatos estão AQUI.

6 comentários:

erika 9:34 AM  

Aeeeeewww!!! Adoro vencedores!

ps.: ainda sem inspiração...Mas parabéns de verdade. Sua força de vontade é algo único.

um xero!

Dani 8:44 PM  

Adorei essa foto!!!
Cara, vc é muito determinado, porque não é fácil dizer não a um vício.
Legal a sua iniciativa de esclarecer sobre os males do cigarro.
Obrigada pelo elogio do criativa. confesso que ando pregioçosa ultimamente para raciocinar, rs.
Bjim esquizo querido.

erika 10:11 PM  

Igor, meu (já) querido,

Pode ter certeza que vc segura um pouco minha parede a cada vez que comenta no blog e me faz rir ou pensar.Cada vez que escreve uma coisa legal que eu irei ler.Mesmo que a gente nunca venha a se ver realmente , eu já te enxergo, e sei que você pode me enxergar também cada vez que me lê.
Quando o meu castelo estiver devidamente construído, te juro que você terá lugar cativo na távola redonda!
E quanto a retaguarda, pode deixar que eu cuido dela direitinho!

um xero.

Srta Pecinha de Lego

Colombina 10:52 AM  

Pow véi...acho que vai demorar mais um tiquinho pra que eu resolva encarar essa maratona. Embora eu não vá sofrer tanto, a ponto de xupar babata frita (adorei essa parte, juro que imaginei tua cara com uma batatinha na boca)! Meu problema maior eh com a porra da Night. E a porra dos meus amigos fumantes que mesmo quando eu não peço um cigarro, eles me pedem e me fazer ter vontade de acender um tb.

OOoohh droga!!

BeijoMetraga!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vermelha e Ardida 8:37 PM  

Ah que bom ver sua força de vontade, e eu percebi que tenho varios vícios (ou compulsões) como: internet, café, balada (e consequentemente cerveja)... ahhh mas coisas que fazem mal em excesso tudo em excesso faz mal). Mas vou tentar ter disciplina E força de vontade heheeh....
Boa sorte!
Bjoka

Andréa Motta 10:22 PM  

Igor, seu texto está perfeito! De fato minha mãe parou na marra, mas meu pai disse que não ia mais fumar e simplesmente não fumou e eu NUNCA fumei.

Mas a visita é por outro motivo: vá ver o artigo que eu escrevi por sua culpa!(brincadeirinha rs)

Beijos!