Blogagem Coletiva: Importando Folclore

>> terça-feira, outubro 07, 2008

Pela primeira vez na vida, me sinto um virgem nessa situação, estou participando de uma Blogagem coletiva sobre o folcore que importamos, sem saber o que verdadeiramente temos de folclore por aqui ou que outras opções mais inteligentes poderemos escolher! Blogagem Coletiva é a união de vários blogueiros ou simpatizantes, escrevendo sobre um mesmo assunto em uma data combinada com antecedência. Pontos de vistas deliciosamente diferentes! Propondo a pergunta:

Porque absorvemos o que tem de melhor, e de pior, SOMENTE da cultura estadunidense?


Tantos países melhores (de verdade) culturalmente falando do que os EUA e ninguém conhece ou toma conhecimento. Lembro de uma festa de Halloween há alguns anos, que passei a muito tempo atrás numa boate do Rio, tentando me entrosar com o clima do ambiente. Lembro de ter visto fotos de uma outra boate, para quem conhece aqui no Rio a festa no Cine Ìris, onde o pessoal estava todo fantasiado mesmo: Frankestein, Vampiros, Diabretes, Anjos (adorei!), Jason, Freddy Krueger, era uma profusão de sangue falso pára tudo quanto é lado! Como sou chegado numa clima de terror, nada mais engraçado do que entrar no clima! Fui com uma grande amiga para essa boate, para mim o falecido Dito e Feito, ela vestida de preto, com sangue cenográfico no corpo e nos pulsos, "fantasiada" de Suicida, e eu fui de médico psicopata, com faca de plástico ensanguentada, as mãos ossadas de um esqueleto, e vários "cortes" no jaleco e manchas de sangue nas costas, como um cirurgião muito habilidoso.

Foto de foto é uma bosta! Eu, o médico e Marilia, o "Monstro"!

Fomos para a fila do Dito e Feito e durante TODA A NOITE, EU, vivi uma típica noite de terror de um verdadeiro Halloween!

1 - Estava tão empolgado, baseado nas fotos do Cine Íris, que procurei vária pessoas fantasiadas. Não sei se era a boate, se eram as pessoas, se era o clima ou se era eu (que planejava sair com várias Múmias, Cleópatras e Diabretes, afinal solteiro é solteiro) que ao me deparar com a fila vi que NINGUÈM estava fantasiado, SÓ EU! Todo mundo estava vestido de roupas pretas, alguns até de bermudas pretas e camisetinhas "mamãe-to-forte" pretas, no máximo um ou outro chifrinho e chapéu de bruxa! Marilia me olhou com uma cara "Puta que o pariu" e eu devolvi com uma cara "Puta que ME pariu!"

2 - E para destacar ainda mais e destoar ainda mais do clima, eu era o único desgraçado vestido de BRANCO em toda a boate! E o pior, vestido de branco, ensanguentado e com uma faca na mão! Na boa eu me senti uma assombração, um fantasma, um exu, uma pomba-gira, um morto-vivo, uma vilão de filme de terror ou até um verdadeiro médico psicopata, porque eu causava o verdadeiro clima de halloween em todas as pessoas (inclusive nas mulheres): TERROR! Ninguém chegava perto de mim! Isso era preconceito contra a profissão médica e contra uma serial killer inocente! Claro que num minuto antes de entrar na boate eu me senti o Rei, todos olhando para mim! Logo eu me senti a Noiva Cadaver, todos correndo de mim! Juro que teve um momento Paparrazzi, quando todo mundo desconhecido se juntou perto de mim (devem ter pensado "I see Dead People") para tirar uma foto e logo em seguida todos se afastaram (pensando tb "ficarei bem na foto do site junto dessa aberração") que eu pensei em gritar AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Bando de Filha das Putas e sair correndo atrás de todo mundo com a faca na mão...de plástico e causar o terror naquela boate!
Marilia se deu bem, e ainda descolou um encontro no fim de semana seguinte! Eu, no auge da minha auto-estima túmulo abaixo, sai da boate 2 horas depois, sob protesto da minha amiga dizendo que a festa tava ótima (ela desistiu de me convencer quando ameaçei esfaqueá-la...com a faca de plástico) assustando desde a recepcionista quando paguei a conta até os transeuntes quando saí do Arco dos Teles, revoltado, frustrado, ludibriado, enganado e balançando mórbidamente de um lado para o outro igual uma verdadeira assombração...bêbada!
No fim, quando estava saindo do Arco dos Teles e virando a direita para pegar um onibus de volta ao cemitério de onde saí, ouvi um "psiu"! Um "psiu" à 00:00 (aliás, depois que olhei as horas começei a gargalhar freneticamente! UAAHAHAH!) no Centro do Rio, pode significar 3 coisas: um assalto, (muito provável), um (outro) bebado pedindo informação, ou então algum mendingo pedindo 1 real. Descobri uma QUARTA Opção: era um Policial MILITAR! Fudeu, agora sim quem vai ver "Dead People" sou eu! Ele gentilmente com uma AK-47 ligeralmente voltada para minha pernas (em momentos assim vc fica sóbrio numa fração de segundos) me perguntou o que era isso que eu tinha nas mãos...
Enfiei a faca na minha cabeça, com um gesto de auto-piedade, frustração e inconscientemente torçendo para ela atravessar o meu cérebro, mostrando para o homem do fuzil que esta porra era de brinquedo. Ele sorriu e me deixou voltar para meu túmulo.

Portanto essa foi a ULTIMA vez que comemorei o Halloween! Fiquei traumatizado!! Foi daí que pensei em participar da Blogagem Coletiva com o convite da minha amiga Déia do Leio o Mundo assim...

Quem está organizando o povo que vai bloggar coletivamente no dia 31 de outubro (adivinhem? Dia do Halloween!) é o site do Ronaldo, visitem o site do Vida Blog para participar do evento!

Apoio Cultural: Leio o mundo assim e Grupo Blogueiro.

14 comentários:

Ronaldo 1:57 PM  

Muito bom!!!

Adorei a história... principalmente a parte de correr atrás de todo mundo com a faca de plástico... rsrsr.

Dia 31 você vai postar outros texto?

Abraços!

Andréa Motta 11:32 PM  

Mas calma, Igor! você praticamente já escreveu a sua participação! rsrss
Beijos n'alma!

Renata 10:53 AM  

Igor!
A minha experiência com Halloween não foi tão trágica como a sua...hehe! Pretendo publicá-la no dia 31 de outubro pra gente se divertir junto.

Grande abraço!

Pimentinha 7:33 PM  

Literalmente uma noite de terror hein? Hehe
Sobre a blogagem coletiva, vou ver se penso em algo para o dia tb, ando meio fraca no lápis, ops no teclado! Mas obrigada pelo convite, ah, e pela música do Lenine tb!
;)
Bjins

Andréa Motta 8:12 AM  

Bom dia, Igor! Vim ver como ficou sua nuvem. Gostei! Ando inquieta com meu layout; talvez use no próximo! Beijos n'alma!

Fernanda 10:34 AM  
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Pereira 10:49 AM  

Ahahahahahaha....

Engraçado eu tive a nítida sensação de que se estivesse nessa festinha trash eu ia te dar bola...adoro diferente!!!
kkkkkkkk
Eu tbem vou postar igual dia 31...rsrsrsrs

beijos pra vc!!!

Colombina 11:21 AM  

Adorei a idéia...
mas primeiro o meme...
vai lá ver!

ariadne 12:51 PM  

Oi, Igor , estou no grupo Blogueiros e estou passando para conhecer seu blog.

Abraço!

Colombina 1:48 PM  

Bem...sobre os anjos eu não sei. Nunca consegui entender o que foi akilo que eu vi.
Quanto a meu pai, eu passei uns meses me forçando a chorar quando a gente ia visitar o túmulo dele (eu me sentia na obrigação de chorar...). Mas depois desencanei!!
E a música eu lembrava...só que não era o Capital que cantava na época. Era uma cantora chinfrim aí... esqueci o nome da criatura.
Ah...e add no post uma foto minha cantando, depois de grande.

beijoteamocoisafofa!

Colombina 8:49 AM  

Eh....digamos que aquilo ali foi uma faze meio gótica minha sim...
Mas já passou!! Agora eu tenho cara de lesma gorda!!

:D

Beijomeligaxeroso.

Danny 5:19 PM  

Volteiiiiii!!!!!!

Saudades!!!!!

·٠•●ą мσçą dą ﻝąиєℓą • 4:32 PM  

Confesso: não li.
Mas é que eu vi seu coment e tive que vir aqui. Relaxa que logo logo eu posto alguma história legal sseguida de uma foto que manchará o meu futuro pra sempre. É que eu to meio sem inspiração... e totalmente sem foto. Tenho que scannear. Mas aguarde!! aguarde e verá!! ^^

Ah xuxu, coqué coisa me add no eme esse ene:

nany_comunicologa@hotmail.com

Beijinho honey!!

drika 1:15 PM  

preciso ser lembrada mais pra frente, senão esqueço.