Sou imune a Dengue, tenho sangue ruim!

>> quinta-feira, abril 03, 2008


Não que isso seja um problema genético, descobri que isso é fisiológico! Quantas pessoas vc conhece que quando chega num matagal, precisamente um trekking, todo mundo é picado, menos vc? (na verdade tive umas duas picadas, no mínimo só para provarem e avisar para galera "! Esse aqui não pica não que tem gosto de alface!") Quantas milhões de vezes sentei em um mesmo recinto e via 3 pessoas se esbudegando para espantar os mosquitos e eu lá feliz, contente e serelepe, cantando uma canção? Devo ter enxofre ao invés de sangue! Os fatos são que com mais de 55.000 casos de dengue e quase 70 mortes aqui no Rio, isso deixou de ser piada. Recomendo a leitura de um site que pretende abordar, dentre outros milhões de assuntos relacionados a dengue, maneiras, conselhos e dicas para prevenir, remediar, diagnosticar e tratar uma pessoa com uma suspeita de dengue. Não, não estou apoiando uma auto-medicação, estou optando por alternativas onde vc, não tendo uma plano de saúde decente, o que tb está com lotação, depende de um hospital público para o atendimento, que é obrigado a importar médicos de outros estados para conseguir funcionar. Sim, procurem um médico. Não, não haja como se isso fosse uma única opção.

www.combateadengue.com.br

Algumas informações sobre os tipos de dengue e seus sintomas:

Em todo o mundo, existem quatro tipos de dengue, já que o vírus causador da doença possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.

No Brasil, já foram encontrados da dengue tipo 1, 2 e 3. A dengue de tipo 4 foi identificada na Costa Rica e há suspeitas de ter surgido na Amazônia.

- Infecção Inaparente
A pessoa está infectada pelo vírus, mas não apresenta nenhum sintoma. A grande maioria das infecções da dengue não apresenta sintomas. Acredita-se que de cada dez pessoas infectadas apenas uma ou duas ficam doentes.

- Dengue Clássica (DEN-1)
A Dengue Clássica é uma forma mais leve da doença e semelhante à gripe. Geralmente, inicia de uma hora para outra e dura entre 5 a 7 dias. A pessoa infectada tem febre alta (39° a 40°C), dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, indisposição, enjôos, vômitos, manchas vermelhas na pele, dor abdominal (principalmente em crianças), entre outros sintomas.

Os sintomas da Dengue Clássica duram até uma semana. Após este período, a pessoa pode continuar sentindo cansaço e indisposição.

- Dengue Hemorrágica (DEN-2)
A Dengue Hemorrágica é uma doença grave e se caracteriza por alterações da coagulação sanguínea da pessoa infectada. Inicialmente se assemelha a Dengue Clássica, mas, após o terceiro ou quarto dia de evolução da doença surgem hemorragias em virtude do sangramento de pequenos vasos na pelo e nos órgãos internos. A Dengue Hemorrágica pode provocar hemorragias nasais, gengivais, urinárias, gastrointestinais ou uterinas.

Na Dengue Hemorrágica, assim que os sintomas de febre acabam a pressão arterial do doente cai, o que pode gerar tontura, queda e choque. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

- Síndrome de Choque da Dengue (DEN-3)
Esta é a mais séria apresentação da dengue e se caracteriza por uma grande queda ou ausência de pressão arterial. A pessoa acometida pela doença apresenta um pulso quase imperceptível, inquietação, palidez e perda de consciência. Neste tipo de apresentação da doença, há registros de várias complicações, como alterações neurológicas, problemas cardiorrespiratórios, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural.

Entre as principais manifestações neurológicas, destacam-se: delírio, sonolência, depressão, coma, irritabilidade extrema, psicose, demência, amnésia, paralisias e sinais de meningite. Se a doença não for tratada com rapidez, pode levar à morte.

A responsabilidade é NOSSA TAMBÉM! Verifique minuciosamente se há algum foco em sua residencia e se suspeitar de criadouros de mosquito, denuncie, procure o Corpo de Bombeiros, que tem autorização judicial para invadir estabelecimentos e residencias se necessário. Ou seja, se algum vizinho se recusar a limpar aquela piscina imunda ou uma caixa d'agua suspeita, denuncio sem dó nem piedade: a sua vida e da sua família pode estar nas mãos dele.

Acesse e se informe: www.combateadengue.com.br

5 comentários:

Lily 6:18 PM  

apesar de tb ser sangue ruim (pelo menos de uns anos pra cá pq qndo eu era criança, eu sofria com mosquitos), eu tô com um medo ferrado de um fdputinha de um aedes aí me picar!
posso nãaaao! tô cheia de coisa pra fazer e não posso me dar ao luxo de ficar doente, mto menos com dengue!!
por isso, vou é carregando meus patuás pra ver se rola uma ajuda divina aí! rsrs

bjksss

China 6:40 PM  

Se n tem conhecesse diria que os mosquitos sabem uq estao fazendo...hahahaha!!!!saudades de tu!!!ah, e com mosquito, dengue e o k... a 4 ai no rio, eu queria ir ai de novooooooooooooo,rsrsrsrs!!!
xerim...china.

Dani 7:40 PM  

Sabe que eu acho que tbm tenho sangue ruim?
Acho incrível como as pessoas sabem como prevenira dengue e todo ano é um caso alarmante na saúde pública?
Culpa de quem? Povo ou governo?
=/

KLEITOVYSCK 10:14 PM  

Todo mundo pega dengue menos eu é sempre assim :(

KLEITOVYSCK 10:14 PM  

Todo mundo pega dengue menos eu é sempre assim :(