O Anti-reflexo da fé

>> quinta-feira, junho 19, 2008

Acabou minha paciencia cristã! Pela ultima vez quero deixar muito claro sobre a objetividade em abordar assuntos espirituais: FOCO! Tudo tem seu fundamento, todo assunto tem seus argumentos, pontos de vistas, opiniões diversificadas, equivocadas ou meramente a opinião de cada um baseado em seu conhecimento, experiencia de vida e etc, que deve SIM ser respeitada, mesmo que NÃO concorde com ela.

Em Abril, fiz um singelo pedido de que o tal Anderson da Arquidiocese de Apucarana (o cara que fez uma critica estúpida, grosseira e mediocre sobre o que eu escrevi sobre o Papa) voltasse para conversarmos civilizadamente. Não atendendo as minhas preces, ele voltou, não satisfeito em não entrar em contato por e-mail, ele respondeu o post sobre a resposta dele com a mesma educação cavalar que a Arquidiocese o educou como Seminarista:

olá caro amigo IGOR.
Vejo que recebeu meu recado com muito fervor e acolhida... Percebo que vc não é uma pessoa tola e muito menos ingenuo.Ficaria muitíssimo grato de debater com vc! (ander_bento@yahoo.com.br) quando escrevi aquele recado para voce eu coloquei que era da diocese de Apucarana, porém me equivoquei, na verdade sou da Arquidiocese de Curitiba. como um Seminarista Católico Apostólico Romano tenho o dever de corrigi-lo em algun "errinhos"pronunciados e editados por voce em seu pequeno texto.Creio q quando disse q os jovens evangélicos tem uma fraca formação ou diga-se de passagem, o mínimo de conhecimento sobre a Igreja Católica eu estava socialmente correto.1 a cada 1.000.000 de jovens protestantes liga e sente a curiosidade de conhecer a Igreja Católica.Ao ler alguns comentário deixados por certos amigos seus me de parei com a palavra "aspirante", aspirante para quem não sabe são Seminaristas de congregações específicas como franciscanos,agostinianos ou outra congragação do genero... Ao contrario sou Diocesano e não "meti o bico" na conversa, já que o assunto no qual voce critiva sertas posições católicas ou praticamente todas, interesa também a mim, e minha obrigação é defender a minha fé ou seja aquilo que eu acredito, porém sem "abominar" aquilo que supostamente vc diz que acredita. Como disse também a sua dignissima amiga eu não estou cheio de ódio e sim muito paciente de estar tendo o trabalho de te responder, ao contrário não tenho ódio no coração e sim pena da pequena ou minúscula compreenção de fé e de Doutrina Social Católica que vc tem.Não pretendo revidar tudo o q proferiu contra mim aqui neste momento, porém pesso que me de a honrra de poder conversar com a sua pessoa mais a fundo e sem toda esta platéia que assim como vc, apenas criticam e inssistem em bater na mesma tecla ,sem estar abertos a novas opiniões. Mais uma vez digo que ao contrario não tenho ódio no coração e para que isso fique bem claro quero que voce e seus amigos saibam que eu rezo por voces e peço a Deus em nome de toda Igreja Católica que os abençoe e ilumine suas mentes. desculpe se"Meti o bico" novamente na sua converça.E a propósito, seja lá o que voce for Igor(a) não é a minha obrigação e nem seria enrriquecedor para mim, saber qual é o seu sexo. Atenciosamente, Anderson Candido. Arquidiocese de Curitiba.

Tentei Anderson, mas o e-mail que mandei para vc (inclusive criticando severamente sua opinião sobre "Certos Amigos Meus" e "platéia") me retornou dizendo que seu e-mail não existe, e o perfil do blogger com o qual vc comentou, não pode ser visualizado. Isso para mim é uma unica resposta: ARROGANCIA.

Por isso, vou deixar as coisas bem claras em 4 etapas, da maneira que melhor sei responder, Curta, Grossa, Seca e Direta:

1 - Pouco me importa de vc é de Apucarana, Curitiba, Pelotas ou Buenos Aires, Geografia não é o tópico da questão. Mesmo porque se vc não sabe de onde faz parte (além de cometer os catastróficos erros de portugues) não é problema meu. E se vc tem dever (sic) de corrigir meus "errinhos" (que meigo), esse seu dever, não é comigo;

2 - Os comentários em meu blog, são de amigos (virtuais ou não), colegas de faculdade, vizinhos e leitores do blog, pessoas inteligentes, perspicazes, criativas e com senso-crítico, o qual tenho o prazer de compartilhar seja qual for o tópico da questão, por mais contraditório que ele seja ou a quantidade de questionamentos que ele levantará. Não vou admitir a mínima crítica desconstrutiva com nenhum deles! Posso não concordar com todas as opiniões, mas as respeito, na mesma proporção e quantidade de que a minha também seja respeitada. Se vc não sabe o que é ironia, não entende o que é arrogancia, nem faz idéia da quantidade de babaquices que escreveu, procure um dicionário URGENTE, que eu não tenho a menor sombra de duvida que a Arquidiocese de Curitiba emprestará um a você;

3 - Eu não critico nenhum tipo de "posições" católicas (acredito que vc queira dizer Congregações, até porque se os católicos tem suas posições favoritas, não é da minha conta), e sim ao Papa vir ao Brasil e pregar por valores cristãos (talvez posições, quem sabe) sendo que sua comitiva tem o VALOR de um PIB de pequenos países. Se vc pelo menos não aparecesse a cada trimestre saberia do que está falando, do que estamos abordando e a razão desse texto. O que eu "supostamente" acredito, não é MAIS da sua conta, e se vc "estar tendo o trabalho" de me responder, use a sua pena da minha "pouca compreenção de fé" (sic) e da "Doutrina Social Católica" para a caridade, para os necessitados, para os desabrigados, e para pessoas extremamente MAIS prepotentes do que vc, para assim vc saber se colocar no seu lugar.

4 - Se verdadeiramente houvesse algum interesse em conversar, vc pode ver no menu acima um link escrito CONTATO com TODAS as formas de me encontrar. Quando esse interesse é resumido ao que vem fazendo, a unica forma de vc ler minha resposta é através do blog, onde a "platéia" vai se contentar em criticar e saber o calibre dos Seminaristas, Diocesanos e aprendiz-de-coroinha da Arquidiocese de Curitiba. Eu e toda a torcida do Flamengo estamos abertos a TODA e qualquer nova opinião. Se essa opinião for como a prepotencia, arrogancia, presunção, ignorancia e burrice como a sua, eu a torcida do Flamengo dispensamos. Que bom que vc não tem ódio no coração e rezou por todos nós! Está desculpado! Só não perca o meu tempo e o seu tempo escrevendo novamente, porque seu recado já foi dado.

A propósito (PQP não acredito que li isso), é ENRIQUECEDOR vc conhecer o sexo das pessoas por mera educação e para saber a que gênero vc se refere quando fala com alguém (Bom dia irmão, Bom dia irmã). Não é obrigatório, claro. Assim como "saber qual é o sexo" de alguém, não quer dizer NECESSARIAMENTE que esse alguém mostrará o seu sexo a vc! A não ser quando vc quiser converter um travesti! Boa sorte!

9 comentários:

Dani 7:35 PM  

Esse assunto ainda rende????
Gente, vamos respeitar as opiniões alheias e religiões também. Não acredito que alguém da arquidiocese se preste a um papel desses.
A propósito amigo, as fotos do Oleg realmente são lindas. coneço o site ;)
bjim

Lily 9:22 PM  

ihhh eu prefiro não me manifestar qnto a esses assuntos pq tenho umas opiniões bem radicais e pouco "religiosamente corretas"...
portanto, prefiro me calar! rs


bjksss

Pedro 11:45 AM  

Bacana o teu blog, cara! Gostei!

Posso te linkar nos favoritos do meu blog? Assim fica mais fácil ler os teus posts

Abç.
Pedro

Rodrigo Libra 7:24 PM  

Pois é Igor... Também me entreguei ao prazer de blogar. rsrrs.
Bom, sendo meu o blog, ele tinha que ser escalafobético, né?
Vou fazer faculdade de Design Gráfico, by the way.
Forte abraço!

drika 8:07 PM  

eles não ensinam português/gramática no seminário não?!?!?

drika 8:08 PM  

aaah
qto a seus coments lá no meu!
poxa vida!
vi tarde demais. bem q eu queria um cantinho assim, sossegado...
só q é longe demais da faculdade!
quem sabe, um dia, fujo pra lá!
obrigada!!!
beijos.

Danny 4:09 PM  

A-DO-RO esses seus posts, sua ironia, inteligência e tal... (tadin do aprendiz-de-coroinha) rs
Saudades!
Beijão!

Vermelha e Ardida 1:37 AM  
Este comentário foi removido pelo autor.
Vermelha e Ardida 1:39 AM  

Eu sou católica mas não bitolada! E esse papo de religião é realmente como futebol, não se discute. Só acho que ao invés de querer converter as pessoas ou tentar enfiar uma idéia na cabeça não admitindo que cada um tem sua escolha e sua visão, essas pessoas deviam simplesmente praticar o bem.
Isso sim é religião!
Beijos