300 - A crítica

>> domingo, março 25, 2007

Diretamente do Porão do Navio de Jack Sparrow

Eu vi 300. E diferentemente da pré estreia em que quase dormi do tão aguardado e maldito Codigo da Vinci, é IMPOSSIVEL dormir!
Começarei pelas criticas referente ao contexto histórico da produção. Sinceramente, quem vai esperar "contexto histórico" num blockbuster? O roteiro do filme é explicitamente baseado nos quadrinhos de Frank Miller. E, como nos quadrinhos, está tudo lá: Os Espartanos não são metrosexuais. São guerreiros criados desde a infancia para...ué, guerrear porra! O que mais?
São os
"super-big-long-dong-extra-largue-silver" da masculinidade cinematográfica com os abdomens sarados digitais e as costas igual a Cordilheira dos andes. A mulherada que viu comigo teve alucinações de combate com um Espartano na cama! Do outro lado o Santoro interpretando Xerxes: o Deus-Rei de
2,5 m de altura, com v
oz de trovão, todo depilado e raspado, com piercings na sombrancelha, nariz, orelha, bochecha, testa, pescoço e uma corrente que liga tudo ao mesmo tempo! Contexto histórico? Ah, vai ver um documentário! Ou processa o Frank Miller!
Voltando ao filme, ele sim merece todos os créditos. Tem sim a proposta de um block: divertir!
A fotografia é espetacular!! O filtro de imagens é de encher os olhos, mesmo que algumas (varias) externas sejam digitais e os atores interpretam com o fundo croma key. A trilha sonora é maravilhosa!!! Pretendo sim rever o filme num cinema Dolby Digital! Espetacular a mistura de musicas épicas com tiradas de heavy-metal medieval!! Tenho que ter a trilha sonora! (Ter não é = a comprar!rs)
Leonidas, de Gerard Butler, e Xerxes, de Rodrigo Santoro estão monstruosos em seus papéis! Quem é fã do cara e adora suas interpretações mais do que metamórficas ficarão impressionadissimos! A não ser pela sua fisionomia conhecida do publico, ele está irreconhecível como Xerxes, que segundo a própria interpretação do personagem para o ator, é algo novo: Xerxes é magalomaniaco, arrogante, prepotente, orgulhoso, inumano. Ele verdadeiramente se considera um Deus! Leonidas com sua puta interpretação e impostação vocal de combate, remete aos clássicos épicos como Gladiador, só que muito mais primal. Verdadeiramente O Rei-General de um exercito de 300 contra dezenas de milhares de persas. Não li os quadrinhos "300 de Esparta", mas sei que quem é fã vai ter orgasmos multiplos pela fidelidade. E tanto um como outro, é uma renovação do genero com sangue, violência estilizada, atitude e visual. Algumas vezes entre paradas, avanços, cameras lentas, sangue em profusão, detalhes que normalmente são usados para esconder falhas, aqui é utilizado para extravazar evidências. Ás vezes vc não sabe se assiste a um video clipe ou um Kill Bill medieval, o que não afeta em nada o impacto do filme. Justamente o seu objetivo.
A Rainha Gorgo, maravilhosa, linda, gostosa e verdadeiramente poderosa, (e a ÚNICA mulher do filme) demonstra o outro lado de 300. Logo no começo do filme, quando ela rebate um comentário com uma resposta arrebatadora, ela já demonstra a que veio, criando uma história paralela de honra e coragem à batalha de campo de Leonidas. Em 300 cabe a ela convencer os velhotes e engessados políticos espartanos da necessidade de romper com a tradição (na época festiva-religiosa da Carnéia não se guerreava) e permitir que o exército ajude Leônidas em sua defesa do país.
Lembrem-se apenas que 300 de Esparta é um épico histórico de proporções extratosféricas, só agora retratado no cinema. Independente da (pouca) verossimilhança retratada no filme, os recursos são empregados com inteligência de todo o potencial da computação gráfica, aliada a uma história poderosa, onde cineasta e produtores conseguiram uma grandiosidade visual e narrativa inquietante. Um blockbuster de primeira!
Procure a história no seu devido lugar, não numa sala de cinema. Se não eu já seria PHD em História Antiga, Medieval e Contemporanea por assisistir, Caligula, Cleópatra, Tróia, Gladiador, A Cruzada, Alexandre, Coração Valente, Paixão de Cristo, O Tigre e o Dragão...

Na foto abaixo, Leonidas e Xerxes sem maquiagem.



1 comentários:

:: Fräulein :: 7:30 PM  

Jantaremos no inferno hoje??

hahaha
do caralho o filme!!

Marketing

Casa dos Leitores

Credits and Design

Template criado a partir do original Romantico desenvolvido por OurBlogTemplates e editado por Igor Garcia.